Colégio ESPÍRITO SANTO

Canoas/RS

NOTÍCIAS

09/02/2018

Fraternidade e superação da violência

Os professores do Colégio Espírito Santo puderam saber mais sobre a Campanha da Fraternidade 2018 em dois momentos com participação do padre Fabiano Schwanck Colares, da Paróquia Nossa Senhora das Graças, e do professor Renato Ferreira, da Universidade La Salle. Este ano, a iniciativa tem como tema: "Fraternidade e a superação da violência", apoiada pelo lema: "Vós sois todos irmãos". "A Campanha da Fraternidade sempre tem um tema, que alerta para uma causa, e um lema, que propõe uma ação geral para buscar a solução", explicou Renato.

Neste sentido, observou que os professores, junto com os estudantes, devem analisar a realidade da proposta deste ano em todos os aspectos possíveis, buscando desenvolver um olhar interdisciplinar para que surjam projetos concretos na escola. Ele relembrou que Campanha da Fraternidade tem início na Quarta-feira de Cinzas: "Seu tempo forte é a Quaresma, mas se desenvolve o ano inteiro, sendo um tempo de transformação, libertação e conversão".


Tarefa é pensar soluções

O professor Renato Ferreira salientou que o mais importante da Campanha da Fraternidade 2018 não é olhar para os índices de violência, mas trabalhar propostas que incentivem a Cultura da Paz. "A sensação de insegurança tem crescido muito no Rio Grande do Sul e no Brasil. Mas o que a campanha quer é discutir políticas públicas para abordar o problema como um todo na sociedade, porque a violência desumaniza", afirmou. "A tarefa dos professores é fazer com que as relações dos alunos sejam fraternas entre eles", complementou.


Cultura da Paz

O padre Fabiano relembrou que, com o passar dos anos, as temáticas da Campanha da Fraternidade foram mudando, desde a primeira edição realizada em 1962. As grandes fases compreendem os anos de 1964 a 1972, quando se trabalhou a renovação interna da Igreja; de 1973 a 1984, quando se passou a atentar para a realidade social, denunciando o pecado social e promovendo a justiça; e de 1985 aos dias atuais, quando o olhar se direciona para situações existenciais do povo.

Quanto à proposta deste ano, ele indagou aos professores: "O que vem à mente quando se fala em paz?". A partir desta reflexão, ele explicou que paz não deve ser vista como a ausência de conflito, mas como a busca da superação das diferenças. "Precisamos caminhar pelo lado positivo, promovendo a Cultura da Paz, a colaboração entre as pessoas, o respeito mútuo, aprendendo e ensinando a ouvir e a dialogar para, assim, quebrarmos a espiral da violência", disse.

A diretora do CES, Irmã Maria Sônia Muller, apontou que o programa O Líder em Mim pode ser um dos caminhos para a escola trabalhar a Campanha da Fraternidade, ensinando a paz na sala de aula.


ENDEREÇO
Rua Tamoio, 3393
Nossa Senhora das Graças
CEP 92120-002
ALÔ, CES!
(51) 3472-1502
(51) 3472-1722
secretaria@ces.g12.br
DIREÇÃO
Irmãs Missionárias
Servas do Espírito Santo
www.mssps.org.br
Todos os direitos © 2016 |
Colégio Espírito Santo |
Canoas/RS