Colégio ESPÍRITO SANTO

Canoas/RS

NOTÍCIAS

04/05/2018

Aluna cria game que ajuda a promover a paz nas escolas

Já pensou o que você poderia fazer para combater a violência e promover a cultura de paz nas escolas? Pois saiba que a aluna Giovana Manfro Vargas, 11 anos, não só pensou, como fez. Ela idealizou e participou de todo o desenvolvimento do game Baneville, que pode ser jogado em smartphones, ou no computador.

Lançado em 12 de abril, o jogo virtual é uma iniciativa da Secretaria de Estado da Educação do Rio Grande do Sul (Seduc) através da Coordenação das Comissões Internas de Prevenção de Acidentes e Violência Escolar (Cipave) para disseminar informações que possam tornar escola e cidade mais seguras e acolhedoras.

Tudo começou em junho do ano passado, quando Giovana estudava em outra escola. “Sempre tive vontade de montar um jogo. Quando minha mãe falou que a Seduc estava pensando em fazer um com tema de prevenção, pensei que, além de educativo, precisava ser divertido. Então juntei todos os jogos que eu mais gosto, unindo ao tema da Cipave”, comenta a estudante, relembrando o processo de criação.

Para tornar o conteúdo do game o mais preventivo possível, Giovana teve a colaboração da mãe Luciane Manfro, coordenadora estadual da Cipave (na foto abaixo, Luciane e Giovana com o governador José Ivo Sartori no lançamento oficial do jogo).

Depois do planejamento inicial, o projeto foi encaminhado para a empresa MSTECH, que apresentou a primeira versão da parte gráfica do jogo em novembro de 2017. “Eu contribuí com dicas de cores e de detalhes para chamar mais atenção dos jogadores”, diz Giovana. Também foi dela a ideia de que a escola fosse sendo construída e melhorada com as moedas Cipave recebidas a cada missão cumprida.


Conhecimentos adquiridos de forma divertida

Questões como respeito ao professor e aos colegas, resolução de conflitos e outras temáticas da Cipave são trabalhadas em missões diárias no ambiente escolar do jogo Baneville.

Por meio de links no próprio game, também é possível acessar as cartilhas Cipave para aprofundar o conhecimento destes temas. “Achei legal criar o jogo e ter ideias que podem ajudar bastante a vida das pessoas”, afirma Giovana.

Para tornar o game ainda mais atrativo ao público alvo, ela sugeriu a divulgação de um ranking de até 100 jogadores. “Nessa idade, a gente é mais competitiva. Então pensei que a competição pode levar à prevenção com o conhecimento adquirido no jogo”, explica a estudante do 6º ano do Ensino Fundamental do Colégio Espírito Santo.

Ela adianta que está previsto o desbloqueio de novos desafios que vão permitir o avanço de nível mais rápido e que a segunda fase do Baneville será o Centro da cidade.

Quem joga também pode ajudar a incrementar o jogo ao deixar comentários na avaliação do game, ou contribuir com perguntas sobre as temáticas da Cipave para serem usadas como missões.

Giovana está feliz com os retornos que tem recebido. “Falei para os meus colegas instalarem o jogo e eles disseram que está bem legal. Eles também dão sugestões para melhorar ainda mais”.


Quer jogar?

O jogo Baneville está disponível para download, tanto para Android, quanto para iPhone, nas lojas virtuais Google Play e Apple Store.

Também pode ser acessado no site: http://baneville.educacao.rs.gov.br


Crédito da foto com o governador: Dani Barcellos


ENDEREÇO
Rua Tamoio, 3393
Nossa Senhora das Graças
CEP 92120-002
ALÔ, CES!
(51) 3472-1502
(51) 3472-1722
secretaria@ces.g12.br
DIREÇÃO
Irmãs Missionárias
Servas do Espírito Santo
www.mssps.org.br
Todos os direitos © 2016 |
Colégio Espírito Santo |
Canoas/RS