Colégio ESPÍRITO SANTO

Canoas/RS

NOTÍCIAS

03/06/2018

Uma aula especial no Grupo de Metais do CES

A primeira masterclass do Grupo de Metais do Colégio Espírito Santo, realizada no dia 29 de maio, contou com a presença de Tiago Linck, trompete solista da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre e professor da Escola de Música da OSPA. Ele compartilhou um pouco de sua história pessoal para estimular ainda mais o interesse musical dos jovens. “A música tem um poder incrível de transformação positiva. Comecei em um grupo de escola como este, no Colégio Cenecista Nossa Senhora dos Anjos, em Gravataí. Acredito que todo mundo é capaz de tocar, desde que queira. Mais que talento, é preciso ter interesse e estudar”, enfatizou.

De acordo com o regente do Grupo de Metais, Renã Covolan, outras atividades como esta devem ocorrer ainda este ano. "Foi uma oportunidade de aprender com um dos destaques nacionais no trompete. O Tiago veio auxiliar, incentivar e trazer mais informações aos participantes".


Origem musical familiar

O envolvimento de Tiago Linck com a música começou graças ao irmão Fábio, que é 12 anos mais velho que ele. “Meu irmão já tocava na banda da escola e depois foi músico militar. Então, posso dizer que ouvia ele tocando trompete desde que eu nasci. Ele fez testes de percepção musical para ver se eu gostava e me levou para a banda da escola”, conta.


Horizontes ampliados pela música

Um dos objetivos da conversa do trompetista Tiago Linck com os integrantes do Grupo de Metais do CES foi motivar os jovens a seguir na música como profissão. “Talvez este contato oriente os alunos para a carreira de músico, mostrando que é possível tocar profissionalmente”, disse. Nesse sentido, ele usou a própria trajetória como exemplo para incentivá-los a estudar mais. “Quando deixei a banda do colégio, comecei os estudos formais na Escola de Música da Ospa e, depois, fiz um curso de extensão da Unisinos. Participei de vários festivais pelo Brasil e, em um deles, surgiu o convite para eu fazer um conservatório na França, durante um ano”, contou Linck, resumindo sua formação.


Alunos mais motivados

Para os participantes da masterclass, o encontro foi muito proveitoso. “É bom ter uma aula com alguém com anos de estudo, passando informações boas para quem está começando aqui no colégio”, avaliou João Pedro Zibetti, ex-aluno do CES que segue no Grupo de Metais, conciliando os ensaios com o trabalho e as aulas na universidade.

Mesmo indecisa quanto a ser musicista no futuro, a aluna Laura Martins, 14 anos, gostou dos conselhos que ouviu de Tiago Linck. “Ele, que tem muita experiência na música, vindo aqui nos dizer que é bom seguir em frente é um motivo a mais para querer ensaiar”.


Ajustando a técnica

Na masterclass, Tiago Linck propôs exercícios para que os integrantes do Grupo de Metais praticassem uma respiração mais natural. Ele explicou que a intensidade da inspiração e da expiração é importante para a qualidade do som produzido no instrumento de sopro.

Também falou sobre a postura corporal dos músicos, mostrando a melhor forma de empunhar os instrumentos, e deu dicas para a melhor sonoridade em conjunto. “Foi muito legal, porque todo mundo pareceu levar em conta o que ele disse. Os trompetes, aqui no grupo, gostam de tocar muito forte e, por isso, não dá para ouvir direito os trombones. Agora, com as dicas, acho que vão tocar mais suave”, comentou Massimiliano Prato, intercambista italiano que estuda no CES.



ENDEREÇO
Rua Tamoio, 3393
Nossa Senhora das Graças
CEP 92120-002
ALÔ, CES!
(51) 3472-1502
(51) 3472-1722
secretaria@ces.g12.br
DIREÇÃO
Irmãs Missionárias
Servas do Espírito Santo
www.mssps.org.br
Todos os direitos © 2016 |
Colégio Espírito Santo |
Canoas/RS