Colégio ESPÍRITO SANTO

Canoas/RS

NOTÍCIAS

04/12/2018


Voluntários do CES ajudam na limpeza do Arroio Araçá

Uma ação para cuidado e preservação das águas fluviais marcou a abertura da Semana do Voluntariado de Canoas. Organizada pela ONG Parceiros Voluntários, a atividade de conscientização aconteceu simultaneamente em quatro pontos da cidade na manhã de 1º de dezembro, com participação do Colégio Espírito Santo.

No bairro Mathias Velho, moradores da Rua da Barca foram convidados a limpar a margem do Rio dos Sinos. No bairro Guajuviras, a comunidade escolar da Escola Municipal de Ensino Fundamental Paulo Freire colaborou no recolhimento de resíduos no Arroio Guajuviras. No bairro Rio Branco, alunos e professores da Escola Municipal de Ensino Fundamental Paulo VI se engajaram na retirada de lixo do leito do Arroio Araçá. E, no bairro Marechal Rondon, o CES e o Grupo de Escoteiros Ouro Negro do Clube dos Empregados da Petrobras (CEPE) fizeram a limpeza do trecho do Arroio Araçá entre as Rua Monte Castelo e Avenida Farroupilha.

Nestes locais, foram retirados, além de muito resíduo plástico, garrafas de vidro, latas, roupas e até televisores e piscina plástica. “Esse material não pode mais ser reciclado, por estar contaminado”, lamentou Jeane Kich, coordenadora da Parceiros Voluntários de Canoas. A Diretoria de Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente providenciou caminhão para o recolhimento dos resíduos. Jeane reforça a importância da ação: “Queremos agitar as pessoas, uma por uma, na questão ambiental. Nos últimos dez anos, vimos piorar a questão do lixo e da ocupação populacional junto aos rios e arroios”.


Cuidado na prática

Retomando a participação neste projeto de limpeza do Arroio Araçá, o Colégio Espírito Santo envolveu professores, alunos e familiares. “É um momento de olhar e dar atenção maior às águas fluviais”, salientou a diretora do CES, Irmã Maria Sônia Muller. A primeira participação da escola foi em 2008, quando houve um grande mutirão em oito pontos de Canoas.

Mãe da aluna Júlia, de 10 anos, Cláudia Comiccioli não fazia ideia da quantidade e variedade de lixo que encontraria no arroio. “É surpreendente a falta de conscientização das pessoas. Eu esperava catar só meia dúzia de latinhas. Mas foi bom participar para colocarmos em prática, mais do que falar em ter cuidado e preservar”, afirmou.

A aluna Isabela Pinheiro, 11 anos, também ficou admirada com o monte de garrafas plásticas que encontrou na margem do arroio e deixou um pedido: “Não joguem lixo fora da maneira errada”.

Espuma chama atenção

O que mais chamou a atenção de Paulo Pinheiro, pai da aluna Isabela, foi a quantidade enorme de espuma em um ponto do Arroio Araçá. “Cada um de nós contribui um pouquinho para isso, sem nos darmos conta”, observou.

Quem explica o motivo para tanta espuma é Maria Inês Pacheco, idealizadora do projeto Arroio Araçá Nosso Rio Guri, que há 15 anos atua na preservação ambiental: “O sabão em pó, detergente líquido e xampu em excesso, tudo isso a água não dá conta de diluir e uma cascatinha pequena é suficiente para fazer toda essa espuma. Precisamos ter consciência que o arroio é fonte de vida. Ele desemboca a 600 metros do ponto de captação de água no Arroio das Garças, que serve para consumo da cidade”.



ENDEREÇO
Rua Tamoio, 3393
Nossa Senhora das Graças
CEP 92120-002
ALÔ, CES!
(51) 3472-1502
(51) 3472-1722
secretaria@ces.g12.br
DIREÇÃO
Missionárias Servas
do Espírito Santo
www.mssps.org.br
REDE DE ENSINO
Associação Missionária
de Beneficência
(conheça a rede)
Todos os direitos © 2018 |
Colégio Espírito Santo |
Canoas/RS